Testemunhos da Missão de Semana Santa

Testemunhos da Missão de Semana Santa
22 de abril de 2018
Testemunhos da Missão de Semana Santa
6 de maio de 2018

Tatiana Silva – Vocacionada da Comunidade Filhos de Maria

Meu nome é Tatiana, sou vocacionada da Comunidade Filhos de Maria há 5 meses e estive em missão de Semana santa durante 4 dias com a Comunidade em Itabatinga, comunidade rural de Guaraciama, Minas Gerais.

            Por ser minha primeira missão, a ansiedade e o nervosismo começaram a tomar conta de mim dias antes de partirmos para missão, mas, a certeza de que o Espírito Santo de Deus estaria comigo foi maior que o meu medo. Pois em meu coração, a vontade de ir em missão, de poder levar o amor de Jesus misericordioso era algo que sentia mesmo antes de saber que seria convidada pela Comunidade. Quando recebi o convite fiquei muito feliz! Pois Deus tinha me escolhido! Não porque sou a melhor, mas, porque Ele tinha um propósito para mim durante esses 4 dias de missão. Partilharei com vocês dois momentos que me tocaram profundamente.

Primeiro momento – Numa das visitas que fizemos, fomos convidados para almoçar. Quando chegamos naquela casa e presenciei toda aquela família reunida, as crianças, jovens e os adultos me recordei da casa dos meus pais, fiquei muito feliz! Nisso senti uma vontade muito grande de estar com a minha família, pois moro distantes dos meus pais e aqueles dias eram uma oportunidade de ir visitá-los. Então me recordei das palavras da Sagrada Escritura em que o Senhor nos fala: “E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos. E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.” (Marcos 10, 28-30). Sentir o amor de Jesus através daquela família.

Segundo momento – Fomos a casa de uma senhora enferma levar a eucaristia para ela, segundo seus familiares ela tem Alzheimer, não conversa mais, não enxerga mais de um olho, precisa de ajuda para descolocar-se com passos e permanece mais deitada. Logo que chegamos, um de seus familiares a buscou e a trouxe para sala, onde estávamos. Nisso, nos apresentamos e quando Iasmin (membro da CFM) começou a celebração da comunhão, lágrimas começaram a rolar no rosto daquela senhora, não porque ela ouviu o que minha irmã estava falando, mas, porque ela sentiu a presença real de Jesus e seu coração se encontrou com o Amor Misericordioso de Jesus, foi como um pai se reencontrando com sua filha! O rosto daquela senhora começou a ter cor e seu olhar começou a brilhar. Não aguentei segurar as lágrimas, meu coração disparou e elas desceram dos meus olhos, porque ali, naquele instante entendi o meu verdadeiro chamado e o verdadeiro amor de Cristo! Naquela visita, compreendi o porquê Deus não desistiu de mim e o porquê Ele inquieta tanto meu coração. Saí daquela casa com meu coração alegre, pois, o Senhor me levou em um lugar simples e distante do meu conforto para dizer o que Ele verdadeiramente quer de mim!

            Durante esses quatros dias vivi como se o carisma da Comunidade Filhos de Maria já estivesse em todo meu coração! É algo que não conseguia explicar com palavras… A missão foi para mim uma COMFIRMAÇÃO do meu chamado! Essa é a palavra que define todas as experiências que vivenciei durante esses 4 dias como missionária. Agradeço primeiramente a Deus e à Comunidade Filhos de Maria por me proporcionarem esses dias de missão! Sei que palavras são pouco para agradecer…

Lays Santos – Missionária da Comunidade Filhos de Maria

Sou Lays Santos e estou no discipulado de segundo ano. Participei das celebrações da Semana Santa na paróquia Nossa Senhora de Ajuda, na qual estamos inseridos aqui na Guiné Bissau, África.

Na sexta-feira Santa, fizemos uma via sacra da paróquia até uma de suas comunidades, a comunidade Sagrada Família. Durante a caminhada, que foi de uma hora e meia, meditei  sobre a caminhada do povo de Israel no deserto, eles sofreram com o calor, o cansaço, a espera e muitas vezes pensaram em desistir, mas eles prosseguiram, e o Senhor os fez chegar à terra prometida.

Após a caminhada, quando chegamos à comunidade, fui surpreendida com músicas brasileiras, como Adoração e Vida, Toca de Assis, entre outras. Neste momento, fiquei emocionada por poder escutá-las e lembrar da minha terra, contemplando um cuidado de Deus para comigo na terra prometida que hoje estou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *